Skip to main content
Como usar uma carteira cripto

Como usar uma carteira cripto

18 Ago, 2020

Qualquer pessoa que dê os seus primeiros passos no mundo cripto enfrenta imediatamente a questão de onde e como armazenar a suas criptomoedas. É exatamente por isso que existem carteiras de criptomoedas. Neste guia, vamos te dizer tudo o que você precisa saber sobre carteiras de criptomoedas. Vamos cobrir questões como criar uma carteira para criptomoedas, como funciona uma carteira de criptomoedas, como transferir cripto para uma carteira, como recuperar a carteira cripto se algo der errado, e muito mais.

Como funcionam as carteiras de criptomoedas?

Uma carteira de criptomoedas é essencialmente uma combinação de um endereço de cripto (chave pública) e uma chave privada que permite controlar os fundos nesse endereço. Assim, a chave pública pode ser considerada algo como um número de conta bancária, enquanto que a chave privada é a senha para ela.

O termo "carteira" é utilizado para programas, serviços online e dispositivos de hardware que permitem aos proprietários de chaves privadas realizar operações com fundos em endereços de criptomoedas. Então, se você quiser usar Bitcoin ou qualquer outra criptomoeda, você precisará de uma carteira. correspondente

Ao contrário das carteiras tradicionais, as carteiras cripto não armazenam dinheiro fisicamente. Na verdade, as criptomoedas não existem fisicamente em nenhum lugar. Tudo o que existe são registros de transações armazenados em uma blockchain.

Como transferir criptomoedas entre carteiras

Quando alguém te envia criptomoedas, eles estão essencialmente transferindo a propriedade das moedas para o endereço da sua carteira. Não há transferência real de nenhuma moeda. Uma transação é feita registrando-a na blockchain. Para gerenciar essas moedas, você precisa uma chave privada que corresponda ao endereço público para o qual a criptomoeda foi transferida.

O processo exato para enviar suas criptomoedas para outra carteira depende da interface de sua carteira particular. No entanto, tende a ser uma tarefa bem simples. Você só precisa inserir o endereço público do destinatário, a quantidade de criptomoeda que você deseja transferir e confirmar a transação. Tenha cuidado ao inserir o endereço porque as transações em criptomoedas são irreversíveis. Se você digitar um endereço errado, não poderá receber suas moedas de volta.

Enviar de LTC via carteira Exodus

Como escolher uma carteira cripto

A escolha de uma carteira depende de muitos fatores, o primeiro dos quais é para que você usará as criptomoedas nessa carteira.

Quantas carteiras de criptomoedas existem?

Atualmente, existe uma ampla gama de opções para armazenar criptomoedas, e cada carteira tem seus prós e contras. Vamos dar uma olhada mais de perto nesta variedade de escolhas.

Carteiras quentes e frias

As carteiras quentes e frias são os dois principais tipos de carteiras cripto. Uma carteira quente é uma carteira de criptomoedas que está conectada à internet. Por outro lado, uma carteira fria é aquela que está offline a maior parte do tempo. Ela está conectada à Internet somente quando uma transação precisa ser feita. Carteiras quentes podem ser encontradas online, via software ou conectadas às contas. As carteiras frias são encontradas em hardware ou papel.

A principal vantagem das carteiras frias é a sua segurança. Há muitos Trojans e outros malwares que os hackers usam para tentar roubar as criptomoedas. Mas se sua carteira está offline, suas moedas estão seguras. A desvantagem é que é mais difícil usá-las.

Carteiras quentes e frias têm propriedades diferentes e são utilizadas para finalidades diferentes. As carteiras frias são usadas principalmente para armazenar criptomoedas, especialmente grandes quantidades. Por outro lado, as quentes são preferidas para uso diário e transações frequentes.

Carteiras de hardware e software

Carteiras de software são programas que são instalados em seu PC ou telefone celular. Elas armazenam suas chaves privadas em seu computador e muitas vezes têm interfaces de fácil utilização. Esta é uma opção muito fácil de usar e segura, embora ainda seja vulnerável a malware ou, no caso de versões de celulares, ao roubo do dispositivo físico. Atualmente, você pode escolher entre uma grande variedade de carteiras de software com base em suas necessidades.

Melhores carteiras de software

Uma carteira de hardware é um dispositivo físico que armazena sua chave privada nela. Essas carteiras são muito seguras, mas não muito práticas de se usar. Além disso, elas custam dinheiro; uma carteira de hardware dedicada pode custar mais de US$ 150.

Carteiras de hardware

Carteiras online e de conta

Carteiras online (ou no navegador) são serviços online que funcionam em uma nuvem e são acessíveis de qualquer lugar onde você possa acessar a internet. Elas são muito práticas para o uso diário, mas o fato de armazenarem suas chaves privadas online as torna menos seguras. Além disso, quando você usa uma carteira online, sua chave privada é controlada por um terceiro, uma consideração que aumenta os riscos.

As carteiras de conta são um tipo de carteiras online. Quando você registra uma conta em um câmbio de criptomoedas, como StormGain ou Binance, você recebe automaticamente uma carteira embutida. A principal vantagem deste método de armazenamento de cripto é sua capacidade de utilizá-lo para negociação sempre que desejar. As desvantagens são semelhantes aquelas das carteiras online. No entanto, um câmbio pode armazenar as criptomoedas em carteiras quentes apenas parcialmente, enquanto a maior parte delas é guardada em carteiras frias por razões de segurança. As ofertas de carteira da StormGain são um bom exemplo dessa abordagem.

Carteira multimoeda StormGain

Carteiras de papel

Uma carteira de papel é a forma mais simples de uma carteira de criptomoedas. Seu proprietário só tem um endereço e uma chave privada escrita em papel ou suporte similar (arquivo de texto, captura de tela, etc.). Estes dados são suficientes para receber transferências de cripto. No entanto, se você vai gastar qualquer quantia de sua carteira de papel, você vai precisar de uma solução de software. Esta forma é a mais segura e, ao mesmo tempo, a forma mais inconveniente de armazenar as criptomoedas.

Como criar uma carteira de criptomoedas

A resposta à questão de como obter uma carteira de criptomoedas depende do tipo de carteira que você planeja criar.

Se você quiser obter uma carteira de hardware, primeiro é preciso comprar o dispositivo. Em seguida, você precisa seguir as instruções anexas que normalmente incluem a instalação do software correspondente e a conexão do dispositivo ao seu computador.

Criar uma carteira de software é geralmente mais simples. Uma vez escolhida uma carteira específica, você só precisa baixar o programa e instalá-lo.

Conseguir uma carteira online ou de conta é ainda mais fácil. Tudo o que você precisa fazer é se registrar em um site.

Como fazer o backup de uma carteira de criptomoedas

Às vezes coisas ruins acontecem. Seu computador ou telefone celular podem quebrar, ou sua carteira de software pode funcionar incorretamente. Se isso acontecer, você precisará de um backup para recuperar o acesso à sua criptomoeda. Isso é muito necessário para carteiras de todo o tipo.

Felizmente, o processo de backup de uma carteira é bem simples. Para cada carteira que você criar, você receberá uma frase-chave ou senha como backup. Dependendo da carteira específica, você pode procurar uma opção, como "Carteira de backup", "Frase de semente", "Exportar chaves privadas" ou algo semelhante. Anote e mantenha em algum lugar seguro. Se alguma vez você precisar recuperar o acesso a seus fundos, basta digitar essa senha na nova carteira.

Criando um backup na carteira Exodus

Boas-vindas ao StormGain - Plataforma de negociação de criptomoedas!

Negocie com multiplicador de 200x