Skip to main content

Por dentro do metaverso: um guia para a virtualidade cripto

17 Dez, 2021
meta-universe

O metaverso está entrando no vocabulário popular agora em 2021, mas já existe há algum tempo. O autor de ficção científica Neal Stephenson usou pela primeira vez o termo "metaverso" em seu romance de 1992, Nevasca. O romance se referia a um mundo de realidade virtual compartilhado que os personagens usavam para escapar das limitações do futuro tecno-capitalista um tanto distópico em que existiam. No metaverso, é possível ter diferentes corpos e poderes especiais como em um videogame, mas também possuir território virtual, administrar negócios, jogar games, trabalhar e também entrar em conflito por meio de espionagem, sabotagem ou batalha direta.

Nevasca foi uma sacada irreverente da literatura cyberpunk, que explora o efeito da tecnologia em nossas relações sociais. O cyberpunk especulou sobre coisas como mundos virtuais realistas, acréscimos cibernéticos ao corpo humano, IA avançada, etc. Embora frequentemente se situasse em cenários distópicos, a tecnologia futurista imaginada pelos escritores inspirou muitos criadores na indústria de tecnologia que foram trabalhar na Internet e em plataformas de redes sociais, jogos, RV e, é claro, cripto.

À medida que as principais plataformas de tecnologia como a Meta (anteriormente Facebook), Epic Games e outras anunciam seu plano para popularizar o metaverso, não é nenhuma surpresa que os projetos de blockchain estejam ansiosos para mostrar seu caso de uso no metaverso. Com sua experiência na criação de itens digitais de valor e transações automatizadas, as blockchains poderiam alimentar a economia desses mundos virtuais.

Onde as criptomoedas entram nisso?

Um dos problemas centrais das criptomoedas é que elas chegaram num mundo já controlado por poderes institucionais centralizados. O território em que as pessoas vivem é controlado por diferentes Estados que mantêm suas próprias moedas fiduciárias e instituições financeiras. O Bitcoin (BTC) foi originalmente criado para ser uma moeda digital, tão amplamente utilizável quanto o dinheiro, mas, na prática, as oportunidades de comprar bens e serviços com BTC permanecem limitadas e ele é avaliado principalmente por seu valor em dólares. Mesmo com alguns países introduzindo suas próprias moedas digitais, estas ainda são moedas fiduciárias centralizadas.

Da mesma forma, criptomoedas como Ethereum (ETH), Solana (SOL) e outras que tentam apresentar versões blockchain de serviços financeiros centralizados existentes enfrentam o problema de que estes últimos vão manter seu território, mesmo que isso signifique adotar algumas inovações blockchain pelo caminho. Em um metaverso baseado em blockchain, entretanto, as DeFi poderiam se tornar o padrão.

Embora os NFTs tenham mostrado o quão valiosos os certificados correspondentes a objetos digitais podem ser, muitos NFTs hoje em dia ainda são peças de mídia digital, ou seja, imagens, vídeos, arquivos de áudio, etc., sem muita utilidade na vida real. Mas e se eles também pudessem representar objetos digitais que tivessem valor de uso em um mundo digital? Sua casa, suas roupas, até mesmo seu corpo no metaverso podem ser um NFT.

Moeda digital para mundos digitais

O metaverso seria essencialmente o próximo nível da Internet, no qual abandonamos a interação por meio das telas de computador e teclados e, mais naturalmente, interagimos diretamente através dos nossos sentidos. Ele deve reunir os mundos das redes sociais, jogos, e-commerce e cripto em mundos virtuais, com o interessante potencial de nos proporcionar novas experiências.

O mundo virtual do metaverso representa um território desconhecido no qual a criptomoeda pode se estabelecer sem a restrição de ter que operar sob a estrutura de poder tradicional de Estados e bancos do mundo físico. Com nossos avatares no metaverso potencialmente se movendo e trabalhando em terrenos virtuais de propriedade de empresas de blockchain, usando criptomoedas como dinheiro e NFTs para verificar a propriedade de objetos, isso traz casos de uso interessantes para uma ampla variedade de tokens que podem se integrar em tal sistema.

Criptomoedas do metaverso a serem observadas

As empresas de Blockchain estão envolvidas em realidade virtual há algum tempo. Plataformas como a Decentraland, a Sandbox e a Somnium Space vêm criando plataformas sociais nas quais as pessoas podem interagir, adquirir imóveis digitais, comprar e usar objetos virtuais e fazer negócios. O metaverso é atualmente uma tendência na comunidade cripto, com muitos projetos entrando na onda, mas há alguns tokens se destacando na multidão. Muitos deles usam o modelo "jogue para ganhar", no qual as atividades em jogos do metaverso podem recompensar os jogadores com criptomoedas.

O Axie Infinity (AXS) é um dos tokens de metaverso mais populares nesse momento. O próprio Axie Infinity é um jogo baseado em blockchain no qual os jogadores criam, promovem lutas e trocam monstros chamados Axies, em um conceito semelhante ao do Pokémon. A moeda AXS funciona como um token de governança, dando aos jogadores o controle sobre a direção do desenvolvimento do jogo.

O Enjin Coin (ENJ) é a moeda da Enjin Network, uma plataforma de jogo social que permite aos seus usuários (no momento da escrita, cerca de 20 milhões) criar sites e clãs, conversar e hospedar lojas de itens virtuais. Os itens virtuais são NFTs avaliados em ENJ que os usuários podem negociar livremente entre si ou liquidar para receber seu valor em ENJ.

O Shiba Inu (SHIB) anunciou uma parceria com um estúdio de jogos AAA junto com o ex vice-presidente da Activision, William Volk, para o desenvolvimento de jogos de celular e do seu próprio metaverso. O ímpeto do SHIB e os parceiros de grande visibilidade definitivamente fazem dele uma moeda a se observar.

Quão perto estamos do metaverso, realmente? Você deveria investir?

Então, devemos todos colocar algum dinheiro em nossos terrenos no metaverso agora mesmo? Como sempre acontece com as tecnologias emergentes, um investimento em projetos de metaverso será uma aposta em eventos futuros. Os metaversos concorrentes serão interoperáveis? Caso contrário, quais projetos provavelmente terão sucesso? Quão plausível é seu produto? Quão sustentável ele é? Estas são as perguntas que você precisa fazer a si mesmo quando quiser investir no metaverso. Os jogos de trading online e o desenvolvimento de terrenos digitais são apenas o começo. Se você conseguir escolher um vencedor (ou investir em um grupo diverso para aumentar suas chances), os tokens que se tornarem amplamente utilizados nas atividades do metaverso podem se tornar muito lucrativos.

Negocie tokens do metaverso e muito mais na StormGain

Se você está procurando negociar ou investir em criptomoedas populares do metaverso, a StormGain oferece as melhores condições para obter lucro no mercado. Negocie SHIB, AXS, ENJ e muito mais com alta alavancagem, comissões baixas e vantagens fantásticas. Novo na StormGain? Cadastre-se em apenas alguns segundos e descubra o que a melhor plataforma cripto do mundo pode fazer por você!

Trocar BTC

Mining icon
Quer Bitcoin gratuitamente?

Experimente o nosso Minerado em Nuvem de Bitcoin e obtenha recompensas cripto baseadas em seu volume de trading imediatamente após registrar-se. Não é necessário depositar.

Comece a minerar

Mining icon
Quer Bitcoin gratuitamente?

Experimente o nosso Minerado em Nuvem de Bitcoin e obtenha recompensas cripto baseadas em seu volume de trading imediatamente após registrar-se. Não é necessário depositar.

Comece a minerar

Boas-vindas ao StormGain - Plataforma de negociação de criptomoedas!

Negocie com multiplicador de 500x